Para você ter uma ideia do tamanho da Mata Atlântica, ela já cobriu 15% de todo nosso território, ela abrangia 1.315.460 km2 e estendia-se originalmente ao longo de 17 estados do nosso país. Atualmente ela ocupa apenas 1%, restando apenas 8,5 % de remanescentes florestais acima de 100 hectares do que existia originalmente. Se for somado a outros fragmentos de floresta nativa, não interligados, acima de 3 hectares, podemos a chegar a 12,5% de seu tamanho original.

Sua diversidade é incrível, podem ser encontradas mais de 20 mil espécies de plantas, 270 espécies conhecidas de mamíferos, 992 espécies de pássaros, 197 répteis, 372 anfíbios e 350 peixes. Das 633 espécies de animais ameaçadas de extinção no Brasil, 383 estão na Mata Atlântica.

Outros dados importantes para entendermos a importância dela para nosso meio ambiente, neste bioma estão sete das nove bacias hidrográficas brasileiras.

Mais de 62% da população brasileira vive na área de Mata Atlântica, com base no Censo Populacional 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), são mais de 118 milhões de habitantes em 3.284 municípios.

A expansão urbana desordenada e a poluição são algumas das constantes ameaças a este bioma. Dentro da poluição, está o descarte irregular de Resíduos Sólidos Urbanos, onde os principais resíduos dentro desse grupo são: os resíduos residenciais, comerciais, industriais, dos serviços de saúde, da construção civil, os provenientes da limpeza pública, entre outros. Lembramos que para o controle desses Resíduos Sólidos Urbanos contamos com a meuResíduo, que é uma plataforma digital para gerenciamento de resíduos.

Além disso listamos dez atitudes, voltadas ao consumo consciente que ajudam a preservar a Mata Atlântica, são elas:

  1. Valorize as empresas que respeitam o meio ambiente;
  2. Não adquira imóveis dentro de áreas protegidas;
  3. Selecione apenas produtos feitos com madeira certificada;
  4. Não jogue lixo na natureza, o consumidor consciente cuida do destino correto dos seus resíduos, ou seja, o que entra na floresta deve sair;
  5. Não compre plantas nativas da Mata Atlântica, principalmente bromélias e orquídeas extraídas ilegalmente;
  6. Ao comprar palmito verifique a procedência e o registro do Ibama.
  7. Não compre animais silvestres e denuncie seu aprisionamento e comércio ilegal.
  8. Valorize a cultura da produção de produtos artesanais das comunidades indígenas, caiçaras e quilombolas;
  9. Reflita sobre seu ato de consumo, pois ele pode provocar impactos no meio ambiente;
  10. Compartilhe muito esta mensagem e ajude a preservar a Mata Atlântica por meio dos seu apoio a Mata Atlântica.

POSTS RELACIONADOS:

Relacionadas