A gestão de resíduos na indústria de bebidas

29 de Outubro de 2019

A gestão de resíduos na indústria de bebidas

Antes mesmo de chegar às nossas mesas, as bebidas passam por um elaborado processo de fabricação onde uma grande quantidade de água e energia é usada em cada etapa de produção.

No Brasil, a produção de refrigerantes destaca-se como o principal item do setor de bebidas, aparecendo em seguida a produção de cervejas. Os resíduos sólidos gerados na fabricação de refrigerantes decorrem principalmente dos processos de envase e de acondicionamento. Entre estes resíduos podemos destacar:

• latas de alumínio, garrafas PET e vasilhames defeituosos;

• resíduos de papel, papelão e plásticos de embalagens;

• borras de rótulos de lavagem de garrafas;

• e garrafas de vidro.

Já os efluentes líquidos resultam das:

• etapas de lavagem, tanto de vasilhames quando de equipamentos ou das instalações;

• lotes não conformes;

• e perdas resultantes do processo.

Dentre os desafios que a indústria de bebidas encontra quanto à gestão dos resíduos é o atendimento integral da Política Nacional de Resíduos Sólidos, que inclui priorizar a minimização dos resíduos, reaproveitar materiais, reciclar e reduzir desperdícios.

As empresas devem ainda se responsabilizar pelo recolhimento e destinação final das embalagens, por meio da Logística Reversa.

Além de ser uma obrigação legal, a correta destinação e tratamento dos resíduos e efluentes gerados nas indústrias de bebidas pode levar à melhoria da imagem das empresas, pois demonstra que a organização está preocupada com o impacto que sua atividade pode causar no meio ambiente.

Os impactos ambientais são requisitos que podem impactar diretamente a competitividade das indústrias perante seus concorrentes já que a conscientização dos consumidores por produtos e empresas que valorizam práticas sustentáveis vem ganhando destaque e atua como um dos aspectos de decisão na hora da compra do produto.

Neste sentido, a tecnologia surge como uma aliada das empresas na gestão de resíduos. O software meuResíduo, por exemplo, permite realizar o controle de resíduos gerados e destinados de todos os setores da indústria.

A rastreabilidade se mantém durante todo o ciclo de vida dos resíduos e a geração de gráficos e relatórios com os principais indicadores para apresentar aos órgãos ambientais são gerados automaticamente pela plataforma. Eliminando-se assim, possíveis descontroles e morosidade para geração das informações e relatórios legais.


FAÇA UM TESTE GRÁTIS NA NOSSA PLATAFORMA DIGITAL AGORA: https://bit.ly/2lkCthZ