A gestão de resíduos na indústria alimentícia

24 de Outubro de 2019

A gestão de resíduos na indústria alimentícia

A indústria de alimentos é uma das mais representativas no Brasil, só em 2017 o faturamento do ramo foi de R$642 bilhões de reais. Antes mesmo de chegar às nossas casas, as bebidas e os alimentos passam por um elaborado processo de fabricação onde demandam grandes quantidades de água e energia.

A grande quantidade de resíduos gerados por esse setor, no entanto, merece destaque. Dentre os principais resíduos gerados pela indústria alimentícia são os efluentes industriais provenientes de lavagens de piso, abates e águas residuárias do processo de lavagem de equipamentos e máquinas, já os resíduos sólidos caracterizam-se por serem em sua maioria orgânicos e recicláveis.

Para evitar danos ao meio ambiente e à saúde humana, os resíduos e efluentes gerados devem ser gerenciados da melhor forma possível observando a ordem de prioridade estipulada pela Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12305/2010: não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

Devido às legislações ambientais estarem cada vez mais exigentes e ao aumento da pressão pelos consumidores, atitudes sustentáveis vem crescendo entre as indústrias no decorrer dos anos, fazendo-as buscarem alternativas para minimizar cada vez mais os impactos socioambientais causados por suas atividades, principalmente na parte relacionada aos resíduos sólidos.

Além de ser uma obrigação legal, a correta destinação e tratamento dos resíduos e efluentes gerados nas indústrias alimentícias pode levar à melhoria da imagem das empresas, pois demonstra que a organização está preocupada com o impacto que sua atividade pode causar no meio ambiente.

Uma eficiente gestão de resíduos praticada pela indústria é capaz de trazer ganhos econômicos para a empresa, possibilitando a mudança de hábitos ou a adoção de tecnologias limpas, provocando, assim, melhoria dos processos produtivos e redução de custos através da minimização de desperdícios e, consequentemente menores gastos com coleta, transporte e destinação final de resíduos.

Desta forma, o meuResíduo desenvolveu um módulo específico para as indústrias geradoras poderem realizar a gestão completa de resíduos da empresa. Com ele, toda a rastreabilidade do ciclo de vida dos resíduos fica mantida e elimina-se o risco de possíveis descontroles e perdas de informações importantes que podem acarretar em severas penalidades para a empresa quando não apresentadas aos órgãos ambientais.

FAÇA UM TESTE GRÁTIS NA NOSSA PLATAFORMA DIGITAL AGORA: https://bit.ly/2lkCthZ